As estações de solda por contato usam uma das formas de solda mais comumente reconhecidas:

Uma pistola ou caneta conectada a uma fonte elétrica para aquecer um
bastão ou carretel de fio de solda com chumbo. A solda então passa pelos
fios ou circuito e esfria, fazendo uma conexão de várias peças.
As estações de solda por contato têm configurações de temperatura
ajustáveis, permitindo soldar uma ampla variedade de eletrônicos e
placas sem superaquecer e danificá-los. Eles vêm em uma gama de
potências, o que determina o quão bem a máquina pode manter sua
temperatura durante o contato com uma junta. Grandes juntas podem
extrair todo o calor de uma máquina de potência mais baixa, enquanto
potências mais altas permanecerão em temperaturas ideais por mais
tempo. Você pode querer ir muito básico com um kit de contato ou
assumir projetos de nível profissional de ponta com uma estação
infravermelha. Os efeitos nocivos do chumbo na saúde, incluindo anemia,
fraqueza, bem como danos renais e cerebrais, levaram a um movimento
na comunidade eletrônica para criar soldas sem chumbo. Eles usam uma
mistura de metais condutores – estanho, prata e cobre – para derreter em
uma junta e criar uma conexão sólida. As estações de solda sem chumbo
diferem de suas contrapartes de contato padrão porque a solda sem
chumbo requer temperaturas mais altas. As máquinas com chumbo
padrão podem não atingir uma temperatura de fusão alta o suficiente
para uma solda sem chumbo ou, se isso acontecer, as pontas irão queimar
rapidamente.

https://cherubino.com.br/produtos/ferro-de-solda